Dicas para turistas em Amsterdam

Categoria(s): Amsterdam, Holanda, Viagens

Você vem para Amsterdam? Que bom! Prepare o espírito e divirta-se pois terá muito o que fazer. Mas antes, algumas dicas para turistas em Amsterdam, principalmente para “sobrevivência”.

Amsterdam é realmente fantástica em todos os sentidos. Bonita, cheia de história, liberal, dinâmica. Com isso tudo, não é difícil entender porque tantos vem visitá-la. São mais de 5 milhões por ano (quase o mesmo de todo o Brasil) que se esbaldam na cidade.

Porém Amsterdam tem algumas particularidades que não se encontra em outras grandes cidades. E para conviver com elas, nada melhor que algumas dicas que podem, inclusive, te salvar de uma enrascada.

Cuidado, bicicletas

Tenha certeza, você nunca verá tanta bicicleta junta. A cidade é totalmente cortada por ciclovias e o povo realmente usa bicicleta. Assim, por favor, não ande no meio das ciclovias. Mesmo a Holanda tendo um ótimo sistema de saúde, não é nada agradável ser atropelada por uma. Olhe para ambos os lados quando for atravessar, principalmente em cruzamentos com grande fluxo de pedestres. Detalhe: as ciclovias também são usadas por scooters. Então, cuidado redobrado.

Vou fumar um e já volto

Em Amsterdam, como em grande parte da Holanda, existe uma tolerância com drogas leves. Resumindo, você pode fumar um baseado sentado na rua e a polícia passar do seu lado que não será preso. Mas isso não quer dizer que você deve fumar em qualquer lugar. Então, por favor, não fume ao lado de restaurantes (o cheiro é insuportável) ou claro, perto de crianças. Não fica legal e você pode tomar uma escrachada por isso. Tolerância não quer dizer que virou baderna.

Também não saia correndo ou tente sumir com o bagulho se ver polícia. Como disse, eles não irão se incomodar se você estiver dando um beque. Mas pode apostar, se você sair correndo, eles vão correr atrás de você (e correm viu!). Sabe aquela história do “quem não deve, não teme”? Ela é mais que válida para estes casos.

Olha o semáforo!

Sabe aquele poste que fica na esquina com uma luz verde e outra vermelha? Chama-se semáforo, não é enfeite de natal e aqui é muito respeitado. Respeite também seja como pedestre, como ciclista ou como motorista. O tempo dos semáforos para carros é muito curto e os motoristas ficam chateados (para não dizer putos) quando não são respeitados. Além deles, os trams (os bondes que existiam no Brasil) também usam. E ser atropelado por um tram não deve ser algo interessante.

Você vai encontrar faixas de pedestres em todos os lugares. Utilize-as e lembre-se da primeira dica acima.

Fotografias

Todo mundo adora fotografar e estar em Amsterdam é mais que motivo para isso. A cidade é realmente bonita. Mas, por favor, a cidade não é só turista. Existem mais de 7 milhões de pessoas que vivem nela (eu inclusive) que trabalham e estudam todos os dias. Ficar fazendo pose no meio da calçada atrapalhando os pedestres não é algo legal. De duas uma, ou alguém sairá na foto junto com você ou receberá um monte de xingamentos em holandês.

Não faça cara de que nunca viu

O centro de Amsterdam possui uma infinidade de sex-shops para todos. Desde simples cremes até correias e objetos para bondage você encontra exposto em vitrines. Então, não adianta fazer aquela cara de que nunca viu. Ok, nunca viu, mas não é por isso que precisa ficar apontando ou ficar com cara de melancia estragada. Sexo é um mercado e aqui é muito respeitado e oficializado, sendo então algo comum.

Pode entrar, não precisa ficar com vergonha. Ninguém quer saber se você tem fantasias de transar com seu namorado usando uma roupa do super-homem. Aqui você pode encontrar essa roupa e comprá-la do mesmo jeito que vai comprar cerveja no mercado. Também não precisa ficar na frente da Condomiere aterrorizada. É camisinha não usada, pode ficar tranquila.

Mariposas tracioneras

Aproveitando que estamos falando de sexo, por favor, não se meta em enrascada. Sim, existe em Amsterdam as famosas vitrines com mulheres dentro que você pode vê-las da rua em trajes sumários. Aprecie mas não invente de tirar foto (as vitrines tem inclusive sinais indicando isso). Você pode tomar um safanão de um dos “guardas das meninas” e ainda ter o cartão de memória de sua máquina destruído. E não adianta chamar a polícia. Eles vão dar razão para os guardas pois prostituição é profissão regulamentada aqui.

Ah, mais uma dica sobre as meninas. Existem vitrines com luzes vermelhas e luzes azuis. Se quiser um programa, cuidado onde entra. As luzes azuis indicam que são mulheres trans que lá estão. Se não é adepto, vá sempre para a vermelha, ok?!?

Não seja uma mala carregando mala

Não é a toa que o substantivo mala se tornou adjetivo no Brasil. “Aquele cara é um mala”. Mala é uma coisa mala, ponto, sem discussão. E essa é uma das maiores dicas para turistas em Amsterdam.

Amsterdam tem ótimas calçadas mas possui trilhos por todo o canto. Então cuidado com suas rodinhas. Carregue a mala em locais de grande movimento para não atrapalhar os outros. Nada pior que você tentando passar e a mala está arrastando uma mala que cabe um corpo dentro.

Além disso, por favor, não traga mala grande exceto se realmente precisar. Isso quer dizer, não precisa trazer aquele casaco Valentino ou aquela bolsa Louis Vuitton porque ninguém vai saber a diferença. Você não fará sucesso porque está andando com as roupas mais caras possíveis. O holandês por natureza não gosta de ostentação e tampouco liga para o que você veste. Acredite, se estiver pelado/a andando na rua, somente estrangeiros vão achar estranho. Eles não querem saber.

Uma esmolinha pelo amor de Deus

Você perceberá que mesmo Amsterdam sendo uma cidade enorme, pouco verá pedintes pelas ruas. Se ver, por favor, não dê esmola. Parece desumano isso mas não é.

A prefeitura possui programas para a retirada humanizada dessas pessoas das ruas, fornecendo alimentação, abrigo e roupa e dinheiro. Se você dá esmolas, eles não procuram estes programas ou não saem quando são convidados. Assim, mesmo sendo “desumano”, não o faça.

Malandro é malandro; mané é mané

Você pode usar o sistema público de transporte e os trens sem pagar nada. Simplesmente entra, senta e pronto. Porém isso não é legal em nenhum sentido, seja porque você está se aproveitando, seja porque outros estão pagando por você.

Mas além de não ser legal, é ilegal. Se um fiscal estiver dentro do trem, tram ou ônibus, pedir seu ticket e você não tiver, pagará uma salgada multa (no transporte público, €37,50). Mas além de ter o ticket, você precisa fazer “check-in” e “check-out” com seu cartão na entrada e saída do transporte. Para isso, basta aproximar o cartão do aparelhinho que está na porta e resolvido. Não esqueça de fazer check-out. Se for parado, podem pensar que está tentando dar uma de malandro (quando na verdade é um mané).

Socorro, polícia!

Crimes em Amsterdam e na Holanda em geral são raros, inclusive batedores de carteira. Nem por isso você precisa dar mole e guarde seu documento de viagem no hotel. O único lugar que precisará apresentar documento é num bar onde se vende drogas ou, se você tiver cara de Justin Bieber, em bares. Neles, sem documento, esqueça, não entra.

Se acontecer de ser assaltado, meus parabéns! Você foi premiado mas a polícia estará perto para ajudar. Se não estiver, tenha certeza, viram o que aconteceu. Existem câmeras espalhadas por tudo que é buraco ao ponto de sentir-se vigiado constantemente. Mas como você não é tão sortudo assim, não precisará chamar a polícia para nada.

Observação: todos os policiais falam inglês, não se preocupe.

Mais dicas para turistas em Amsterdam?

Sim, existem milhares mas esta lista é principalmente para sua boa convivência e sobrevivência. Dicas de lugares, passeios e outras virão noutro post. Se não quiser esperar ou está desesperado, deixe seu comentário que tentarei ajudar no que for possível.

Welkom bij Amsterdam!