Chaves, estoy llegando de vacaciones

Férias!

Mas que coisa boa. Férias, férias, férias. Merecidas férias para… não fazer nada literalmente. Como presente de aniversário (19/03), nesta sexta-feira entro em mais um avião mas desta vez para quinze dias de merecidas férias no caribe venezuelano.

Ao contrário das últmas férias que tiveram temas como história (Europa/2007), coisas estranhas (Sudeste Asiático/2008) e “o nada existe” (Deserto do Atacama, Chile/2009), desta vez o tema é “salgar a buzanfa e beber cerveja”. Resolvi sair em férias para descansar de verdade e, para isso, escolhi a Isla Margarita na Venezuela. Ao contrário da grande maioria que vai para os resorts de pensão completa que impesteiam a ilha (dos quais definitivamente não sou fã), procurei uma pousada tranquila perto da praia a fim de praticar o ócio em sua melhor forma: dormindo, bebendo, comendo, dormindo e… dormindo!

Mas por quê em Isla Margarita?
Mapa da rotaVários foram os motivos para a escolha desta ilha venezuelana no caribe. A primeira delas, claro, economia. Já tinha um monte de milhas acumuladas e precisava usá-las. Depois, a Venezuela é um dos poucos países da América do Sul que ainda não conheço (faltam as duas Guianas, o Suriname e o Equador) e queria ter mais este carimbo no passaporte. Também contou a questão da tranquilidade. Queria algo sossegado, sem estresse e sem muito que andar pois nas últimas viagens gastei um Timberland por trecho. Juntou-se tudo isso e surgiu diante dos olhos a ilha e suas praias que se apresentam maravilhosas, o custo baixo de aquisição de tudo (dizem que a lata de cerveja varia de R$ 0,32 a R$ 1,00) e simplesmente não ter para onde ir (assim não invento de querer andar para baixo e para cima).

Mesmo sendo “logo ali” (cinco horas de voo até Caracas e depois mais uma até a ilha, Isla Margarita promete muita coisa legal. É um paraíso fiscal (ou zona de livre comércio ou somente uma zona mesmo), tem cassinos, tem praia, tem boa comida e tem descanso. Tudo o que preciso para enfrentar o primeiro semestre que promete ser uma loucura em número de viagens, eventos, reuniões e poucas horas de sono.

A mala ainda não está pronta mas também não precisa: 4 camisetas, 2 bermudas, 1 chinelo e meio quilo de filtro solar resolvem tudo. O restante… que restante? Estou indo para a praia :)

Na volta, as fotos e os causos.

Hasta la vista!

4 Comentários

Adicione o seu

  1. Amigo Michelazzo,
    enviei uma mensagem a você algum tempo atrás, perguntando sobre onde conseguir bolívares a um preço bom.
    Isso realmente é importante para mim.
    se puder me dar esse apoio, te agradeço.
    muito obrigado,
    Cleber.

  2. Carol Wieser

    17/03/2010 — 12:45

    Ahhhhh Que legal Paulino!

    Você vai curtir muito suas férias venezuelanas… com certeza!!!

    Se tiver a oportunidade, dê um pulinho (avião) até Los Roques. A cerveja de lá também é boa ;)… e a praia então afffff (suspiros).

    Aproveite muuuuito. Depois conte pra gente como foi. Tenho curiosidade sobre IM.

    Beijos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + quatro =