5 Comentários

Adicione o seu

  1. maria janaina

    14/03/2011 — 15:00

    o povo que dever tira esse cara do poder. cada estado estão crescendo por causa das pessoas. cada pessoa faz seus crescimento independente origem de gente. tem que fazer as pazer

  2. maria janaina

    14/03/2011 — 14:52

    Engraçado como povo estão se matando, discutindo, não sou do amazonas e nem do Pará mais ñ tem muita diferença do clima. Estiver no Pará e não gostei do clima de lá é quente, e Manaus também. Agora eu ñ acho que o povo de Manaus tem mulheres feias, ao contrário os paraenses e o amazonense têm os rostos muito indígenas. Agora me admira muito você Klaus falando de preconceito
    Pelo que vi vc é o natural e soberbo cara preconceituoso. Falando do povo indígena, é crime que vc poderia se preso por esse tipo de preconceito. é tipo um cara insultar um negro vai para cadeia direto. Se eu fosse vc tinha mais cuidado esse preconceito que esse prefeito grosseiro fez ñ é crime, ainda ñ tem muita punição. Alias o amazonas, o Pará é estado maravilhoso. Cada um tem sua beleza, o povo ñ tem nada a ver com o prefeito disse. O povo tem opinião própria. Tem que punir o prefeito ñ o povo.

  3. Klaus Hermann Wirz

    24/02/2011 — 17:00

    Me admira muito o Amazonino ter esse tipo de preconceito contra os paraenses. Para quem não sabe, esse verme já morou aqui em Belém, tentou entrar para a política paraense e não conseguiu, passou fome e foi ajudado por políticos da mesma laia dele, que inclusive pagaram sua passagem de volta para Manaus. E por falar em Manaus, estive lá uma vez e detestei. Cidade quente, feia, suja, fedorenta, povo grosseiro e mal-educado, mulheres horrorosas, todas com cara de índia, não comeria uma mocréia daquelas nem que me pagassem. Até o teatro deles é uma cópia mal-feita do nosso lindo Teatro da Paz. Tenho pena dos gringos que vão assistir à Copa naquele fim de mundo. Se é que vai ter mesmo Copa ali…

    • Gracas a Deus que esse paraense não gostou de Manaus, pena que infelizmente temos 300000, que como aquela senhora que discutiu com o prefeito, preferem ser esmagados a voltar para o Pará. Acho que o Amazonino deveria ter mais repeito por essa senhora, já que como ele, ela passou necessidades em Belém e veio matar a fome aqui em Manaus. A vida continua, mas olha como são as coisas, tem paraense com pena de gringo que vai vir pra Manaus se hospedar em hotel 5 estrelas para assistir ao vivo ao maior evento esportivo do mundo. Mas não tem pena das centenas de paraenses que passam fome no Pará e fogem para o Amazonas pra viver em áreas de risco onde podem ser esmagados a qualquer momento.
      O gringo vai vir, vai tirar foto com boto, beber água mineral importada, terá segurança reforçada e acesso a muitas coisas inacessíveis a nós brasileiros. Depois de uns dias vai embora para seu país de origem, com lembranças boas se seu time vencer ou ruins se seu time perder. Mas algum dia ele vai poder contar para os netos que na copa de 2014 esteve em plena floresta amazônica torcendo como um louco pelo seu time e assim também participou da história da seleção do seu país. E quanto aos paraenses nas áreas de risco de Manaus, sofrem de dia com as humilhações de ser pobre e de noite com o medo de morrer esmagado. Na copa de 2014 serão proibidos até de transitar em áreas reservadas pros gringos, deles será que alguém vai ter pena?

  4. Juntando esse vídeo com o da policial (escrivã) que foi despida dentro da corregedoria da PM, podemos imaginar o quanto o mundo tem melhorado :D

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − dois =