Notícias para mudar a vida

Categoria(s): Mundo, Opinião, Política

Acho que estou ficando a cada dia que passa, mais chato. Tempos atrás escrevi que não mais iria votar em minha vida, decisão tomada devido diversas constatações explicadas no texto em questão. E de um tempo para cá, não mais assisto noticiários e tampouco leio jornal. Alguns podem pensar que vivo numa clausura ou ainda que estou virando ermitão. Não é nada disso, somente procuro algo que agrege em minha vida e não a coloque para baixo.

A mídia é um quarto poder. Tem forças para colocar um presidente sentado em sua cadeira e também forças para tirá-lo. Manipula a opinião pública de forma soberba que nem mesmo Jim Jones seria capaz de fazer igual (se bem que ele também era mídia). E assim dita, dia-a-dia, como as vidas das pessoas vão ser guiadas, seus hábitos de consumo, seus medos e tudo aquilo relacionado com a psicologia do ser humano. Se ainda fosse usada em pról da melhoria desta mesma vida, vá lá. O problema que os únicos beneficiados são os poderosos donos da “informação” e claro, seus anunciantes.

Radical eu? Vou provar que não.

No dia de hoje abro o site da Folha de São Paulo, considerado um dos maiores e um dos melhores jornais do país para escrever este texto. Contando as notícias da página principal (equivalente a primeira página do jornal), o que temos:

  • 3 notícias sobre corrupção no governo (só três?);
  • 6 notícias relacionadas com morte/assassinato/latrocínio/etc;
  • 7 notícias que vão mudar minha vida (ex: Oprah se despede da TV, SP é a 6º cidade em nº de bilionários);
  • 12 notícias sobre esporte;
  • NENHUMA notícia sobre ciência, cultura ou educação (exceto que um colégio de elite paulista se beneficia de verba pública);

Ah, claro, esqueci de mencionar os anúncios: 37 sem contar classificados.

Diante disso me questiono para quˆ perder tempo lendo um jornal? Se informar sobre o quê? Que a mais nova foda real está de volta as terras inglesas ou que um garoto de 12 anos tomou um balaço na cabeça dentro de casa? Para quê?

Obrigado, mas preciso usar meus neurônios com algo útil, afinal eles vão morrendo com o passar dos anos e não são regenerados.

Atualizando as 17:45

Enquanto as praças de Madrid e o restante da Espanha pega fogo pelo Dia da Reflexão (El Dia de Reflexión) o mesmo jornal já citado publica a surpreendente matéria sobre as igrejas evangélicas fazendo passeata em Curitiba contra o “kit gay”. Dá para entender?