O futuro promete (não sei ainda bem o quê)

Mesmo com as pancadas esporádicas de chuva que caem em Dili nesta manhã de sexta-feira, o dia começa quente. Três mortos e uma confusão digna da saída do Pacaembú em domingo de clássico. Barulho nas ruas das sirenes de polícia, mensagens de texto pipocando no celular e a ‘rádio peão” à toda.

E pior, o quadro pintado à frente não parece ter outra cor senão o vermelho sangue. Eleições, sentença de ex-ministro e agora a falta do arroz. Resta esperar e rezar (será que resolve!?) para que os ânimos se acalmem e tudo volte a tranquilidade.

2 Comentários

Adicione o seu

  1. Té difícil acompanhar pela lista porque são muitos e-mails. Vou acompanhar por aqui e esperar que tudo melhore.

  2. Eu vou rezar!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =