Chacoalhou!

Virge maria, a terra chacoalhou!

02:08 da manhã de 13/09 (aqui já é 13). Ainda acordado verificando alguns sites para conseguir boas tarifas aéreas, sinto meu corpo mexer. Mas ao contrário de uma mexida de dança ou uma tremedeira, é algo denso, forte. Olho para os lados a fim de verificar se não estou doido e percebo que o abajur ao lado da mesa balança. Rapidamente viro a cabeça para a cadeira ao lado que também balança. Resultado: um terremoto.

Caramba! Pensei que ia passar em branco na minha estadia no anel de fogo do Pacífico. Que nada! Aconteceu! E interessante que parecem ser as placas se ajeitando pois há algumas horas atrás ocorreu outro perto de Jakarta com a intensidade de 7.9 na escala (depois revisto para 8.2), ou seja, um baita terremoto.

A sensação? Indiscritível. Mesmo sendo um tremor que somente quem estava acordado percebeu (tanto que meu roommate não saiu correndo da cama :-)). As mãos ainda tremem e a única coisa que me lembrei na hora foi do “T” verde, enorme que vi no estacionamento do aeroporto de Lima, no Peru. Lá estando em 2003, achei estranha aquela “coisa” no meio do nada e perguntei para um policial o que era. Simplesmente disse com a maior calma do mundo “se a terra começar a tremer, corra para lá”. Hoje entendi o que é o “corra para lá”.

Agora só espero poder dormir. Depois destes dez segundos, vai saber se não vem um dos bravos mesmo? E com o sono de pedra que tenho, é capaz de cair a casa e nem perceber.

4 Comentários

Adicione o seu

  1. Nestas últimas semanas sumido pela dedicação do desenvolvimento dos novos sites (sim, novos pois este vai mudar também), aproveitei para fazer novas aquisições na lojinha Internet; três CD’s que podem ser qu

  2. Marília, sim, claro que dormi. Não é uma chacoalhada que vai me tirar o sono. Na verdade, hoje em dia, nada me tira o sono :)

  3. Que legal…acho que se fosse comigo eu ia chorar…sou muito medrosa.
    E ai vocÊ conseguiu dormir?

  4. Grande Paulino! Lembra de mim?! Trabalhei em Maputo e depois fui para a Cobra trabalhar com o Zé Roberto!!

    Apenas para deixar um abraço e dizer que sempre leio seu blog ;). A leitura me traz muitas lembranças de Maputo!!

    Ah, meu kubuntu tem um dos seus wallpapers (Copyright 2007 – Paulino Michelazzo :)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − sete =