Nega maluca

Em tempos de leis responsáveis:

Uma senhora entra na confeitaria e pede ao balconista um bolo “nega maluca”.

O balconista diz à freguesa que usar o nome “nega maluca”, hoje em dia, pode dar cadeia, por causa da Lei Affonso Arinos; da Lei Eusébio de Queiroz; do Artigo Quinto da Constituição; do Código Penal; do Código Civil; do Código do Consumidor; do Código Comercial; do Código de Ética; do Moral e Bons Costumes, além da Lei ‘Maria da Penha’

– Então, meu filho, como peço a porcaria desse bolo?

– Bolo Afro-descendente feminino com distúrbio neuro psiquiátrico.

De um amigo doutro lado do mundo

1 Comentário

Adicione o seu

  1. Muito Boa!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 13 =